sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Monte das Oliveiras - Espaço Etnográfico - Castro Verde - Portugal


À saída de Castro Verde, como quem vai para Almodôvar, a escassos 600m, vire à esquerda no sentido Santa Bárbara de Padrões.


Após 4 Km, do seu lado direito, altaneiro e bem vigiado por cerca de 70 casais de cegonhas brancas (Ciconia-ciconia), encontra o Monte das Oliveiras, e para o receber a D. Dilar Freire e o seu marido Sr. Arlindo Rosa, que vos podem mostrar o espaço onde está instalado o pequeno mas importante núcleo etnográfico que aqui vos deixo, neste pequeno documentário.

Vá para fora cá dentro!

Um Abraço

A. Barriga

Para marcar visitas ligue 286 328 148



4 comentários:

rfernandes71 disse...

Amigos... esta uma bela apresentação. Realmente temos coisas muito bonitas por cá. E gostei do pormenor da Assistente de Realização... um abraço

Luís T disse...

Bonito espaço etnográfico. E muito bem apresentado.
Quero dar-lhe os parabéns, Álvaro Barriga, por este espaço de divulgação cultural do Alentejo que é o seu Blogue. Está sem dúvida de parabéns!
Neste post sobre o Monte das Oliveiras o Álvaro colocou uma banda sonora que me encantou. Adorei esta moda e a sua interpretação, mas desconheço os cantadores.
Acho que o A. Barriga deveria ter colocado o seu nome na Ficha Técnica.
Será que me pode dizer quem são?
Agradeço.

URTIGÃO disse...

Luís agradeço a sua visita e o seu comentário.
O tema chama-se |Marianita és Baixinha|, e esta versão é interpretada pelo Grupo "Modas ao Luar"
O projecto musical Modas ao Luar,é de Beja, e promete uma "Viagem às Origens" neste seu primeiro registo discográfico, fazendo o ouvinte regressar ao Alentejo dos tradicionais bailes ao largo, conta com a voz de Dulcina Guerreiro, a guitarrra de Nuno Bexiga, o acordeão de João Cataluna, as percurssões de Luís Melgueira, as violas braguesa e campaniça de Gabriel Costa e a guitarra clássica de Henrique Lopes.

Luís T disse...

Os meus agradecimentos, Álvaro.